Educação Infantil

A infância é uma construção social e historicamente determinada. Conhecer como essa infância se realiza é primordial para o projeto da Escola. Essa infância se revela nos relacionamentos estabelecidos com as famílias, com a cidade, com a cultura e com as diversas dimensões da experiência humana. Assim, entendemos a criança como alguém que desenvolve relações significativas com outras crianças, com os adultos, e que, interagindo com  seu meio, constrói novas experiências. O adulto educador, ao descobrir intencionalmente as manifestações do pensamento infantil, conquista oportunidades enriquecedoras do próprio crescimento pessoal e profissional.

Nessa etapa da escolaridade, o brincar é a forma de a criança conhecer e elaborar suas experiências. É através dele que ela aprende e se relaciona. Na brincadeira, ela descobre, revela e desenvolve sua compreensão, suas necessidades e seus desejos. Em nossa escola essa aprendizagem se dá tanto nas brincadeiras livres como em atividades propostas a partir de situações pedagógicas e de natureza diversa.

Dessa forma, atender a criança quanto aos cuidados básicos que necessita, criar situações ricas para suas brincadeiras e experiências e propiciar-lhe o acesso à cultura e a aprendizagem do convívio social são os principais focos do nosso trabalho.

 

Na Educação Infantil, o primeiro desafio da criança é a adaptação à escola e a criação de vínculos com outros adultos e crianças. Para  que isso ocorra, contamos com um cuidadoso processo de acompanhamento, que favorece o contato da criança com um novo espaço e que orienta as famílias nessa importante etapa da vida dos filhos.

A partir desse desafio inicial, o cotidiano do aluno da Educação Infantil é construído a partir do brincar e de projetos e situações de trabalho diversificadas, como em rodas de conversa e pesquisa, atividades plásticas e musicais, trabalhos corporais, dramatizações e trabalhos de campo.

A aproximação do aluno com as várias áreas do conhecimento, através de uma diversidade de estratégias e linguagens, permite que ele desenvolva, desde o início da sua vida escolar, um aprendizado significativo e que o tornará, ao longo a vida escolar, capaz de investigar e conhecer o mundo nos mais diversos aspectos.

Diretora Pedagógica
Maria Antonieta Giovedi

Coordenadoras Pedagógicas
Ieda Abbud (G2 ao G4)
Rosane Mingues Reinert (G5)

Assistente de Direção
Roseany Anetelle Rodrigues

Assistente de Coordenação
Lilian França Leme (G2 ao G4)
Tainá Herck Costa Lima (G5)

Assessora de Práticas Inclusivas
Nana Corrêa Navarro

Professores
Ana Luiza Santos Galvão Bueno: Inglês - G4 e G5 - tarde
Angélica Neves da Silva: G5 A - manhã
Cyntia Caetano de Farias: G2 B - manhã
Francine Conrad Fonzaghi: G3 A - manhã
Irene de Aguiar Alonso: G4 A - manhã
Janaína Peresan: Expressão Corporal - G2 ao G5 - manhã e tarde
Juliana Manduca Fonseca: G5 C - tarde
Lívia Netto Ventura dos Santos: G3 C - tarde
Marielle Braz V. Cavallette: G2 A - manhã
Maurício Braz de Carvalho: Música - G2 ao G5 - manhã e tarde
Raquel Traversim Pereira: G2 C - tarde
Renata Janaina Ortolan Abel: G4 C - tarde
Thaís Mayumi Nakamura: G5 D - tarde

Auxiliares 
Amanda Gomes: G4 C - tarde
Ana Letícia Vianna: G3 C - tarde
Ana Luisa Gonçalves: G2 B - manhã
Isabela Lopes Japyassú: G2 C  tarde
Júlia Ferreira Azevedo: G2 A - manhã
Luisa Borin: G5 A - manhã
Mariana Moga de Moura e Silva: Música - G5 - manhã e tarde
Melina Sanchez: G5 D - tarde
Patrícia Spinelli: G4 A - manhã
Samantha Costa Alves de Jesus: G3 A - manhã
Sofia Vieira da Silva Villa de Lima: G5 C - manhã

Auxiliares volantes - Unidade Tipuana
Bruna Roysen Avancini - tarde
Victória Cordeiro Bragante - manhã

Inspetora Júnior (apoio ao parque e refeições) - Unidade Tipuana
Renata Alves

Projetos como cotidiano

O currículo da Educação Infantil é organizado principalmente por Projetos, que pressupõem uma visão interdisciplinar do conhecimento e a ideia de que o pensamento se estabelece em rede, articulado e fundado nas relações afetivas e sociais.

O domínio do professor dos conteúdos das áreas e a leitura que ele faz daquele grupo específico é fundamental na escolha dos Projetos. Cada criança aprende de forma singular a trabalhar com os outros na realização de um produto, o que implica na percepção de si e do outro, além de levá-los às possíveis negociações e ao reconhecimento das próprias competências.

Além disso, o trabalho em torno dos Projetos favorece a cooperação entre as crianças, a troca de informações e o uso das diversas linguagens na representação de suas verdades provisórias.
 

Linguagens em diálogo

Na primeira infância a criança faz uso de todas as linguagens. Quanto mais possibilidades de uso, mais interações, mais experiências, mais vivências e aprendizagens.

Organizamos os espaços de forma intencional, favorecendo o uso da linguagem plástica, musical, cênica (neste momento o jogo simbólico), do brincar, do desenho, da escrita, da matemática, da geometria, enfim, todas as possíveis linguagens que favoreçam a ação da criança de forma independente, ativa e criativa.

Acontece no Oswald

{$ event.title $}

{$ event.description $}
{$ unit.acronym | uppercase $}

Publicações

Blogs

12ª Dimensão

Blog sobre ciência e tecnologia, por Jacó Izidro Moura, professor de Física do Colégio Oswald.

Da Boca pra Fora

Blog da rádio escolar produzida por alunos voluntários do 3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental I, com o objetivo de favorecer a produção e a difusão cultural.